http://img710.imageshack.us/img710/7564/portalfutebolbyjoaolope.png
Entrevista de Jokanovic (Fictícia)
publicado por Mário Cagica Oliveira a quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008


A BORLA — Jokanovic, diga-nos: o que lhe passou pela cabeça para tentar agredir o Cajuda?

Jokanovic — É que eu já não o andava a ver bem de há uns tempos para cá e com o nevoeiro então foi o fim!

A BORLA — Claro, compreendemos… Vai daí, partiu para a agressão.

Jokanovic — Não, não… Calma, eu apenas fui em defesa do menino!

A BORLA — Do menino? Qual menino? O Fábio Coentrão?

Jokanovic — Do Quaresma! Quem é que havia de ser? Mas atenção: eu não toquei no Cajuda! Nem encostei! E ainda bem, porque não quero apanhar doenças!

A BORLA — O presidente do Guimarães disse que você devia ser «radiado», seja lá o que isso for.

Jokanovic — No estádio não deu para ver bem, mas o Cajuda ia a dirigir-se para o Quaresma, e eu, claro, tenho que defender o atleta.

A BORLA — Claro, compreendemos… Isso é um argumento imbatível, que já criou jurisprudência e derruba qualquer acusação.

Jokanovic — Ainda por cima o Cajuda lembra-me um kosovar albanês, e eu, como sérvio em dia de declaração de independência, não me aguentei: tive de lá ir defender o Quaresma!

Etiquetas:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Blogger folgado Comentou...
menino quaresma q desgraça so em portugal
21 de fevereiro de 2008 às 17:40  
Anonymous André Luís Comentou...
Tá fofo tá
21 de fevereiro de 2008 às 22:02  
Blogger fReeStyler Comentou...
GENIAL xD
21 de fevereiro de 2008 às 22:26