http://img710.imageshack.us/img710/7564/portalfutebolbyjoaolope.png
Pelos lados de Alvalade #1
publicado por Lumo ™ a sábado, 19 de abril de 2008

Boas, eu sou o Lumo e sou o novo colaborador deste blog. Espero que gostem do meu trabalho!

Esta semana vou falar de um dos melhores clássicos que já tiveram história no futebol português. Sim eu vou falar do Sporting-Benfica da passada 4ª feira.

36979

O Estádio José Alvalade viveu uma das noites mais emocionantes da sua curta história, com o Sporting a dar a reviravolta de 0-2 ao intervalo para os 5-3 com que garantiu a presença no Estádio do Jamor.Numa noite épica, os perto de 40 mil espectadores que estiveram em Alvalade garantiram o direito de contar este jogo aos seus netos. Os golos leoninos foram apontados por Yannick Djaló (68 e 84 minutos), Liedson (76 minutos), Derlei (79 minutos) e Vukcevic (aos 93 minutos). Do lado encarnado Rui Costa (19 minutos), Nuno Gomes (31 minutos) e Cristián Rodriguez (82 minutos) apontaram os golos deste jogo.

Os leoes entraram melhor no jogo, com duas oportunidades de golo, por Liedson (3 m) e Tonel (6 m), mas foi o Benfica, por Rui Costa (20 m) a inaugurar o marcador. Mas passados 10 minutos parecia que o resultado ia ficar resolvido quando o Benfica voltou a marcar, num cabeceamento de Nuno Gomes (30 m), aumentando ainda mais o grau de dificuldade para os «verdes e brancos», bem como a injustiça no resultado.

Com os dois golos sofridos, Paulo Bento resolve mexer na equipa retirando um médio defensivo Adrian, fazendo entrar Izmailov para dar mais velocidade ao meio-campo leonino. De facto o Sporting começou a jogar melhor, com o seu meio-campo a ser mais pressionante e a conseguir chegar mais vezes e com mais perigo à área contrária. Pode-se dizer que o Sporting acabou a primeira parte melhor do que o Benfica, mas os encarnados já tinham uma vantagem de dois golos.

O Sporting entrou completamente transformado para segunda parte, com uma atitude completamente diferente pressionando muito o Benfica, não deixando o Benfica fazer o jogo que efectuou na primeira parte.
Aos 61 minutos um grande lance de futebol, com João Moutinho do lado esquerdo, ainda fora da área, a efectuar um remate que parecia que iria entrar no ângulo da baliza de Quim, mas o guardião encarnado a tocar ainda na bola fazendo-a embater na trave da sua baliza. No minuto seguinte Paulo Bento arriscava tudo, com a entrada do regressado Derlei para a saída de Romagnoli. Passados uns minutos Paulo bento conseguiu colher frutos das alterações com Vukcevic a conseguir passar pelo recém entrado Sepsi, e a cruzar para o desvio de Djaló, fazendo assim o 2-1.

Sporting

O Sporting ficou bastante moralizado com o golo alcançado, e conseguiu por momentos sufocar completamente a equipa do Benfica, que ia sentindo muitas dificuldades para travar os jogadores leoninos. O Benfica não ia conseguindo pausar o jogo e baixar o ritmo do Sporting.Aos 76 minutos, depois de uma jogada de insistência de João Moutinho que cruzou para Liedson, que de primeira, remata para o poste esquerdo da baliza de Quim. O Sporing chegava à igualdade depois de uma transfiguração fantástica depois do primeiro golo. Os golos seguintes foram apontados por Derlei (79 m), Yannick Djaló (85 m) e Vukcevic (90 m) trouxeram justiça à uma equipa que actuou, nos últimos 45 minutos, a grande velocidade e merecendo, de forma inequívoca, a passagem à final do Jamor, onde vai encontrar o FC Porto.

O Benfica esteve muito bem na primeira parte e chegou ao intervalo a vencer por 2-0, mas na segunda parte esteve muito mal, muito por culpa do Sporting que conseguiu virar a meia-final e venceu o encontro por 5-3.

5555555555555555555 3333333333333333
5555555555555555555 3333333333333333
5555555555555555555 3333333333333333
555555 3333333333333333
555555 3333333333333333
555555 3333333333333333
555555555555 3333333333333333
555555555555555 3333333333333333
55555555555555555 3333333333333333
55555555555 3333333333333333
555555555 3333333333333333
5555555555 3333333333333333
55555555555 3333333333333333
55555555555555555 3333333333333333
555555555555555 3333333333333333
5555555555555 3333333333333333

Foi este o resultado deste jogo que certamente vai ficar na memória de muitos, durante muitos anos.

Ficha de Jogo:
SPORTING: 5
Rui Patrício, Abel, Tonel, Miguel Veloso e Leandro Grimi; Adrien Silva (Marat Izmailov, 32 m), João Moutinho, Simon Vukcevic e Leandro Romagnoli (Derlei, 61 m); Yannick Djaló (Gladstone, 87 m) e Liedson. Treinador: Paulo Bento. Suplentes não utilizados: Tiago, Pedro Silva, Rodrigo Tiuí e Bruno Pereirinha. Disciplina: cartão amarelo a João Moutinho (70 m), Golos: Yannick Djaló (66 m), Liedson (76 m), Derlei (79 m), Yannick Djaló (85 m) e Vukcevic (90 m).
Benfica: 3
Quim, Nelson, Luisão, Katsouranis e Leo; Petit (Cardozo, 84 m), Maxi Pereira, Cristian Rodriguez, Di Maria (Sepsi, 64 m) e Rui Costa; Nuno Gomes. Treinador: Chalana. Suplentes não utilizados: Butt, Luís Filipe, Edcarlos, Mantorras e Bynia. Disciplina: cartões amarelos a Di Maria (9 m), Luisão (55 m), Cristian Rodriguez (57 m) e Maxi Pereira (86 m).Golos: Rui Costa (19 m), Nuno Gomes (30 m) e Cristian Rodriguez (82 m).
Futebol – Meia-final da Taça de Portugal
2008-04-16 Estádio José Alvalade
Árbitro: Jorge Sousa (Porto)
Árbitros auxiliares: Bertino Miranda e José Melo

Espero que gostem e comentem!

Já agora passem no meu blog e comentem qualquer coisa: http://prowrestlingportugues.blogspot.com/

Etiquetas:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Blogger BrSlb-Legend-Killer Comentou...
Explicaste bem o jogo...mas nem e bom relembrar isto..o benfica massacrou o sporting na primeira parte e depois fez aquilo que fez na segunda!!Mas terça ja tens a minha resposta do lado da luz xD
19 de abril de 2008 às 16:03  
Blogger marioalex Comentou...
Boa estreia. Mesmo não sendo do Sporting, está um bom post. Continua assim
19 de abril de 2008 às 16:04  
Blogger lumo Comentou...
brslb-legend-killer, fico ansiosamente á espera da resposta. :)
SaYoNaRa!!
19 de abril de 2008 às 16:22  
Anonymous Anónimo Comentou...
bom espaxo. falta so do benfica e do portu
20 de abril de 2008 às 11:24