http://img710.imageshack.us/img710/7564/portalfutebolbyjoaolope.png
Pelos lados de Alvalade XII - A violência no futebol
publicado por Lumo ™ a terça-feira, 29 de julho de 2008

Estava eu a ouvir a musica Landing in london dos 3 doors down quando me apercebi que não tinha tema nenhum para apresentar ao leitores deste magnifico blog, quando repentinamente me vejo afundado, qual Titanic, sobre uma imensidão palavras que não me levam a lado nenhum.
Comecei a escrever sobre nada e vi que ás vezes há conflitos em jogos de menor importância, e que, por vezes acabam com muitos feridos graves e até mortes.
Foi nesse momento que vi a minha imaginação a vir ao de cima, e pensei que podia falar sobre a violência que o futebol, não só nacional, mas também internacional alberga e o porquê disso ser uma constate mesmo em jogos considerados “desinteressantes”.

A violência no futebol não é um fenómeno intrínseco ao desporto, mas há adeptos que vão aos jogos para, simplesmente, fazer estragos e destruir estádios de equipas rivais. Mas porque isso acontece?
O futebol como desporto é considerado por muitos a grande paixão popular e caracterizado pela crítica desportiva como o maior fenómeno social dos últimos anos. Essa afirmação é fácil de ser observada ao se analisar o amor que os adeptos têm pelo seu clube.
A violência nos estádios tem vindo progressivamente a afastar adeptos mais pacíficos a acompanharem os jogos.
Um estudo recente revelou que 15% dos adeptos que vão aos estádios tem precedentes criminais, o que revela um alto risco que essas pessoas se possam tornar violentas em resposta a um insulto, ou gesto por parte de um adepto da equipa contraria.

Não existem muitas evidências que a violência ocorre do próprio futebol, uma vez que os jogadores são submetidos a uma série de regras e normas que, quando infringidas, podem ser severamente punidas pelas instituições que regem o futebol.


Apesar disso ainda há variados casos de violência entre jogadores que por um motivo ou outro se envolvem em conflitos com outros colegas de profissão.
Compreende-se que isto seja frequente nos grandes jogos que a vitória pode fazer uma diferença enorme, mas é triste ver deste tipo de coisas nos jogos de preparação que servem apenas para rodar jogadores.

Voltando á violência entre os adeptos penso que os clubes têm de ter um corpo de segurança próprio, onde são treinados especificamente para estar junto a adeptos, entende-los e conhece-los para que possam reagir só quando for mesmo necessário e desta forma quando for mesmo caso de urgência pedir ajuda às forças policiais e aí sim poderem intervir com justificação. Só o facto de estarem policias, armados até aos dentes, junto ao público sem que nada faça prever alguma “ guerra “, faz com que as pessoas não provoquem distúrbios com medo de represálias.
Não restam dúvidas de que a violência está caracterizada como parte intensa das camadas de toda a sociedade moderna e de que as causas políticas e sociais têm suas parcelas de culpa por tudo o que ocorre nos estádios de futebol. Com isto, cabe às autoridades públicas e a toda a sociedade contribuírem para manter o controlo dentro dos estádios e proporcionar um melhor ambiente.
Deixo-vos aqui dois vídeos que demonstram o quão podem ser cruéis alguns jogadores para outros colegas de profissão.










Por hoje fico por aqui. Espero que gostem e comentem!
Sayonara

Etiquetas:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Blogger TheRock aka Dexter Comentou...
que musica gay que tavas a ouvir
a violência no futebol é importantissima, tem mais piada ver os gajos a porrada e todos picados do que a correr atrás da merda da bola... eu vejo o futebol sempre com a esperança de haver porrada, senão ha, fico desiludido, e foi tempo perdido xD

ha lances de pancadaria tão bonitos, gosto mesmo da porrada, bom post
29 de julho de 2008 às 18:05  
Blogger fReeStyler Comentou...
Adorei, a combinacao de texto com os videos.

Interessante, é normal que todos os que vao ver futebol tenham tendencias para a violencia pq o futebol tal cm qualquer outros que tenham competicao incita a haver violencia, especialmente futebol que é o desporto mais amado em todo o mundo e todos querem que a sua equipa vença, e depois o futebol é acessivel à maioria dos estratos sociais.
Ja tinha visto os videos, mas eu sou sincero, futebol sem um bocadinho de trancadas não é futebol.
Os mais polemicos jogadores para mim sao o Totti, Di Canio, Roy Keane e Materazzi.
29 de julho de 2008 às 18:06  
Blogger Lumo ™ Comentou...
O materazzi parece que passa mais tempo ás patadas do que a jogar futebol propriamente dito.

Eu também gosto de porrada no futebol, mas não aco que seja beneficiavel para o desporto.
Sayonara
29 de julho de 2008 às 18:14  
Blogger FMBP Comentou...
Tema muito interessante...a viloencia pode ter mil justificações mas e sempre injustificavel! penso que muitas regras ainda tem deaparecer para melhorar a saude do desporto em geral!Mas a violencia está longe de acontecer só nos grandes palcos!até nos torneios de matraquilhos há problemas (é verdade :))
Continua o bom trabalho...
e agora sem Moutinho Lumo??
29 de julho de 2008 às 23:23  
Blogger Lumo ™ Comentou...
O moutinho está com vontade de sair mas n me parece que isso vá acontecer.XD
Sayonara
30 de julho de 2008 às 14:35