http://img710.imageshack.us/img710/7564/portalfutebolbyjoaolope.png
Os Ilustres desconhecidos #4
publicado por David Pereira a terça-feira, 26 de agosto de 2008

Olá a todos os leitores deste blog, finalmente volto aqui a escrever e hoje farei uma análise a todos os clubes que disputam a Liga Sagres e também uma breve aposta à classificação final.




FC Porto

O tricampeão parece não estar na mesma forma que nos anos anteriores.
Saiu Bosingwa, Paulo Assunção e pode-se dizer que Quartesma mas estas três saídas significarão a perca dos mais de 20 pontos de vantagem sobre o 2º classificado?
Julgo que não! Para alem de não haverem campeonatos iguais, tanto o Sporting como o Benfica como alguns “Out-siders” terão de fazer muito mais do que o que dizeram o ano passado para em Maio não haver festa na invicta.




Sporting

Antes de mais assumo o meu sportinguismo e pelo que me perdoem se por vezes o coração falar mais alto do que a cabeça nos artigos de opinião mas a meu ver o Sporting é a actual melhor equipa portuguesa.
O onze inicial tem uma qualidade talvez não superior ao do FC Porto mas com regularidade e garra poderão vencer o campeonato.
O segredo pode estar no banco pois tem excelentes opções, em jeito de brincadeira posso dizer que o suplente Caneira teria lugar no lado direito da defesa dos outros dois grandes, Postiga seria o avançado que o Benfica tanto procura, Miguel Veloso relegava sem dúvida Guarin/Tomás Costa ou Yebda para o banco de suplentes e Vukcevic também dificilmente não teria lugar no onze encarnado.



Vitória de Guimarães

Não esperem um campeonato tão bom dos vimaranenses como o do ano passado.
Saíram vários jogadores e os seus substitutos não são tão bons, o Benfica e o Braga estão mais fortes e se no ano passado eram a surpresa, desta vez já todos os clubes sabem o que podem contar dos minhotos e duvido que fiquem acima do 5º lugar.




Benfica


Aimar e Reyes têm nome, Cardozo estará melhor apoiado, Quique Flores é um treinador moderno com qualidade mas desengane-se quem acha que os encarnados são os mais fortes candidatos a vencer o titulo.
Há pouca organização, até à bem pouco tempo haviam mais de 20 jogadores a treinarem-se no plantel, mais uma vez a qualidade dos reforços é duvidosa e apesar dos dois grandes craques que vieram de Espanha, Aimar desceu de divisão na época transacta e Reyes pouco jogou no Atlético de Madrid.





Marítimo


Com um bom lote de jogadores e o Caso Meyong a ajudar, os insulares conseguiram a 5ª posição no ano passado.
Este ano não estão muito piores em termos de jogadores ao colmatarem as principais saídas com as contratações de jogadores como Manu, Paulo Jorge ou João Coimbra.
O treinador não é tão bem reputado e será muito difícil repetir ou fazer melhor que a classificação de 2007/2008.




Vitória de Setúbal


Em Setúbal está-se em época de renovação, os dirigentes são novos, o treinador é novo e as principais estrelas da equipa serão outras, apenas a ambição é a mesma.
Saiu Eduardo, Pitbull, Edinho e Matheus mas entraram Bruno Vale, Leandro Lima, Bruno Moraes e Saleiro, para ajudar a fazer uma época tranquila poderemos ter a revelação de Bruno Gama.
Sangue novo e guerreiro deverão levar os sadinos a um campeonato tranquilo, no final da primeira metade da tabela.




Sporting de Braga

Os arsenalistas são a meu ver os mais fortes candidatos a intrometerem-se entre os grandes no decorrer desta época.
O treinador é alguém que conhece o futebol português, tem estado em ascensão na carreira e já levou um Belenenses com menos matéria-prima a um 5º lugar.
Com Jesus aposto numa época mais estável, sem troca de treinadores, com uma equipa até capaz de fazer melhor que o vizinho Guimarães o ano passado.
A nível de jogadores, esta época há Eduardo que a meu ver é melhor que Paulo Santos, Dani Mallo ou Kieszek, Meyong é um goleador que promete fazer uma dupla fantástica com Linz, Alan, Luís Aguiar e Mossoró irão dar dinâmica ao meio-campo ofensivo e servir melhor os dois pontas-de-lança, a defesa tem-se mostrado intransponível e acho este Braga melhor do que aquele que era treinado por Jesualdo Ferreira.
A nível europeu promete fazer uma época boa pelo menos até apanhar um colosso pela frente.




Belenenses


O ciclo de Jesus acabou e agora começa o de Casemiro Mior.
Na sua primeira época no Nacional chegou ao 4º lugar mas na segunda deixou o clube a meio e muito atrás na tabela classificativa, colocando-se um forte ponto de interrogação à sua volta.
Os reforços chegam quase às duas dezenas, a qualidade é desconhecida pela minha pessoa pois a maioria chega das divisões secundárias do Brasil e as saídas que houveram coincidem quase todas com os jogadores mais importantes da época passada.
A época do Belenenses é uma incógnita mas mesmo assim não deve ser candidato a descer.





Nacional


Após duas épocas normais, a meio da tabela, lugar que teoricamente lhe pertence, entre o 8º e o 9º lugar, Manuel Machado regressa a uma casa que bem conhece para tentar chegar ao 5º lugar alcançado em 2005/2006.
Com as saídas dos dois centrais (Fernando Cardozo e Ricardo Fernandes), do organizador de jogo (Juliano Spadacio) e do principal avançado (Lipatin) os nacionalistas reforçaram-se e o segredo para fazer uma boa época poderá estar na qualidade dos reforços.
Para já, os que já lá estavam é que começaram a ser decisivos ao vencer o Leixões em Matosinhos por 3-1 com golos obtidos por Bruno Amaro (2) e Edson Sitta, elementos que já conhecem a casa.
Julgo que será mais uma vez candidato a um lugar no meio da tabela.




Naval


Mais um ano passou e a Naval continua na Liga Portuguesa, alcançando a manutenção com tranquilidade.
Nesta equipa houveram também mexidas que envolveram alguns dos principais jogadores como os dois guarda-redes, os laterais e Delfim.
Pelo que conheço parece-me que os reforços estão a altura e com uma boa adaptação ao futebol português e figueirense, poderão superar o 11º lugar do último ano.



Académica

Após alguns anos em que consegue a manutenção “à rasquinha” e de outros com o objectivo alcançado a poucas jornadas do fim, de ano para ano tem passado a promessa de uma Académica à antiga, capaz de chegar perto ou mesmo atingir os lugares europeus.
Este ano posso dizer que estão reunidas mais condições que nos anos anteriores para aí chegar, o treinador Domingos Paciência teve uma grande época em Leiria onde colocou a equipa na rota europeia, saiu com problemas com alguns jogadores e no ano passado fez mais uma grande época com a Académica, os recursos não eram muitos mas o balanço é positivo, sendo a cereja no topo do bolo a vitória 3-0 no Estádio da Luz.
Este ano, o antigo ponta-de-lança do FC Porto começa a época pela primeira vez em Coimbra, já conhece os jogadores, sabe quais são as dificuldades da Briosa e pode finalmente alcançar algo melhor que nos anos transactos que pelo menos poderá ser um lugar mais tranquilo a meio da tabela.



Estrela da Amadora

Derivado ao baixo orçamento que tem, este ano a politica de contratações do Estrela foi baseada no bom e barato, com ordenados mais baixos que faça a direcção dos amadorenses pagar a tempo e horas.
O plantel começou a ser construído com jogadores de divisões inferiores mas com algumas provas já dadas como o exemplo de Rui Varela que foi o artilheiro do Olivais e Moscavide na última temporada.
O treinador é Lito Vidigal, ex-jogador do Campomaiorense, Belenenses e Santa Clara que no ano passado levou o Ribeirão, equipa praticamente desconhecida e não muito reputada no país a um primeiro lugar na sua série da II Divisão.
Devagar devagarinho foram garantindo também algumas aquisições de valor como Celsinho que está tão confiante e ambicioso numa boa época individual que diz querer voltar ao Sporting em Janeiro, Silvestre Varela que poderá finalmente revelar-se no futebol português ou o irmão do treinador e internacional português Vidigal.
Julgo que teremos aqui uma equipa que possa surpreender e em Janeiro, quando reabrir o mercado de transferência, o clube da Reboleira deverá participar na primeira metade da tabela, depois haverão saídas mas em Maio deverão celebrar a permanência.





Leixões


Em Matosinhos há pessoas exigentes e por vezes isso pode destabilizar jogadores, o treinador e mesmo o presidente.
No ano passado, sem fazer uma mau desempenho, Carlos Brito saiu do comando técnico dos leixonenses porque a massa adepta exigia mais, acabou por entrar outro treinador que salvou a equipa do regresso à Liga Vitalis nas últimas jornadas e este ano há menos jogadores com a qualidade dos do ano passado, o treinador está fora do seu habitat (José Mota é do Paços de Ferreira custe o que custar) e pode não ficar mais que 10 jornadas no posto.
Se o ataque foi bem reforçado com a contratação de Wesley, Serginho Baiano e Zé Manuel acrescentando-lhes Jorge Gonçalves e Roberto a defesa parece ser o ponto fraco, algo provado com as derrotas nos jogos oficiais frente ao Braga para a Taça da Liga (0-4) e frente ao Nacional para o campeonato (1-3).
Julgo que o mais certo é descer mas não será idiota sonhar com a permanência.





Trofense


Pela primeira vez no escalão principal, o clube da Trofa possui alguns jogadores extremamente experientes no futebol português e para alem da experiência há também a qualidade.
Paulo Lopes é um guarda-redes bem reputado que já passou pelo Benfica, os defesas têm experiências positivas em clubes do meio da tabela, o meio-campo tem gente experiente e reputada e o ataque tem dois avançados que em condições normais dão mais que cinco golos por época: Zé Carlos e Lipatin.
O treinador já deu algumas provas do seu valor e com paciência a permanência poderá ser alcançada com tranquilidade, sem se fazerem esforços à última da hora.
O que é preciso é utilizar a experiência dos veteranos e lançar os benjamins na altura certa.




Rio Ave


Se tivermos o mesmo Rio Ave do jogo com o Benfica poderemos ter algo comparado com o que vimos em 2004 e 2005 quando o clube ficou na primeira metade da tabela.
O clube manteve os principais jogadores, acrescentou algumas caras novas, o treinador é jovem, tem valor e conhece a casa e os dados poderão estar lançados a caminho de uma época tranquila.
Esperar para ver.




Paços de Ferreira


Teoricamente não deveria estar no escalão principal, no ano passado ficou em 15º lugar e teria direito a nova despromoção.
O Boavista por “falcatruas” em três jogos de uma época que já ninguém se lembra desce de divisão e o FC Porto por tê-lo feito em dois jogos da mesma época perde seis pontos, acham isto justo? Ou desciam os dois ou o Boavista perdia nove pontos que ainda lhe dariam a permanência!
Enfim, injustiças à parte o Paços parte para esta época sem o seu “treinador honorário” (José Mota), perdeu Peçanha, Rovérsio e Wesley que eram dos principais jogadores e as entradas não compensaram muito, o descalabro começou com a derrota em casa frente ao Sporting de Braga e o pior ainda estará para vir, Paulo Sérgio tem qualidade como treinador, demonstrou-o no Olhanense e no Santa Clara mas não conhece uma equipa adaptadíssima aos métodos de José Mota.
Aponto a formação pacense como a principal candidata à descida de divisão.


1º FC Porto
2º Sporting
3º Benfica
4º Sporting de Braga
5º Vitória de Guimarães
6º Vitória de Setúbal
7º Maritimo
8º Nacional
9º Belenenses
10º Rio Ave
11º Estrela da Amadora
12º Académica
13º Naval
14º Trofense
15º Leixões
16º Paços de Ferreira

Espero que tenham gostado e não se esqueçam de dar a vossa opinião!

PS: Então e se vocês também fizessem a vossa aposta a uma classificação final, por cada lugar desviado vale um ponto e no final vissemos quem fez a melhor aposta?

Etiquetas:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Blogger marioalex Comentou...
Penso que o Porto este ano está bem mais fraco que o ano passado. Apesar de ser benfiquista acho que o Sporting é quem está mais bem colocado para vencer o campeonato.
Contudo acredito que quando houver entrosamento entre os jogadores, será o Benfica a melhor equipa em Portugal.
Esta é a minha classificação para este ano:

1º Benfica
2º Sporting
3º FC Porto
4º Braga
5º Vitória de Guimarães
6º Vitória de Setúbal
7º Marítimo
8º Nacional
9º Belenenses
10º Rio Ave
11º Académica
12º Naval
13º Estrela da Amadora
14º Paços de Ferreira
15º Leixões
16º Trofense
26 de agosto de 2008 às 17:54  
Blogger AJ Styles Comentou...
Excelente artigo Jericho!
Nesta primeira jornada, vimos um Porto seguro, mas muito devido, a inocência demonstrada a nivel ofensivo pelo Belenenses.
Um sporting sem dificuldades contra um Trofense que até tem um bom lote de jogadores, mas não têm nenhum fio de jogo, tinha o seu meio campo muito aberto e o sporting soube aproveitar..mas diga-se que na segunda parte houve uma grande quebra que não pode acontecer numa equipa como o Sporting.
O Benfica teve uma deslocação sempre muito complicada ao Estadio dos arcos, com condiçoes atmosfericas nao muito favoráceis, a lesão do carlos martins veio ainda atrapalhar mais as coisas, mas o Benfica não mostrou qualidades tácticas que tinha evidenciado nos jogos de pre epoca.
Nao foi o melhor inicio, de todo para o Benfica.
Quanto á classificação fica aqui a minha classificaçao

1º Benfica
2º Porto
3º Sporting
4º Braga
5º Guimarães
6º Belensenses
7º Vitoria de Setubal
8º Maritimo
9º Nacional
10º Estrela da Amadora
11º Rio Ave
12º Naval
13~Academica
14º P.Ferreira
15º Trofense
16º Leixões
26 de agosto de 2008 às 20:36  
Blogger The Game Comentou...
Boa imaginação Jericho! Penso qu o Sporting e um forte potencial tal como o Benfica! A minha classificação é a seguinte!

1ºBenfica
2ºSporting
3ºPorto
4ºVitória de Guimarães
5ºSporting de Braga
6ºVitória de Setubal
7ºBelenenses
8ºEstrela da Amadora
9ºLeixões
10ºNacional
11ºNaval
12ºMaritimo
13ºPaços de Ferreira
14ºAcadémica
15ºRio Ave
16ºTrofense
26 de agosto de 2008 às 22:05  
Blogger Vash Comentou...
Bem, a surpresa da jornada (ou talvez não) foi mesmo o empate do Benfica. De resto, nada de novo, Porto e Sporting cumpriram. Pena foi começarmos já com as arbitragens "ao barulho" ("penalti" contra o Sporting - a expulsão não deixa duvidas, mas aquele penalti, mesmo sem influencia no resultado... - e um jogador do Nacional por expulsar, quando ainda estava 1-0 para o Leixões, pelo menos). Enfim, vamos ver o que dá.

1º Sporting
2º FC Porto
3º Benfica
4º Sporting de Braga
5º Vitória de Guimarães
6º Vitória de Setúbal
7º Maritimo
8º Nacional
9º Belenenses
10º Estrela da Amadora
11º Rio Ave
12º Académica
13º Naval
14º Trofense
15º Leixões
16º Paços de Ferreira
26 de agosto de 2008 às 22:21  
Blogger Jericho Comentou...
Continuo com a minha, muito dificilmente o Benfica será campeão...

Jogaram bem contra o Inter e o Feyenoord mas isso são jogos a brincar e há sempre receio de aleijar o adversário, há a tentação de não discutir o lança com violência e intensidade e são utilizados mais de 14 jogadores...

Em 2003 o Sporting empatou com o Inter 0-0 e ficou em 3º
No ano passado o Benfica empatou com o Milan e ficou em 4º
Isto não quer dizer nada!

Aimar e Reyes são jogadores à medida do Benfica, se fossem assim tão bons não estavam lá...
26 de agosto de 2008 às 22:54  
Blogger El Kün Comentou...
1ºPorto
2ºV.guimarães
3ºSporting
4ºBraga
5ºBelenenses
6ºV.Setubal
7ºMaritimo
8ºNacional
9ºE.Amadora
10ºRio Ave
11ºAcademica
12ºNaval
13ºTrofense
14ºLeixões
15ºPaços de Ferreira
16ºBenfica
26 de agosto de 2008 às 22:55  
Blogger Mr. Patrício Comentou...
Mais um bom artigo Jericho, mas apesar de concordar que o scp nesta altura esta a jogar melhor acredito que tal como nos 3 anteriores anos o campeao vai acabar por ser o FCP xD
Ja o benfica para mim e so fogo de vista!

1ºPorto
2ºSporting
3ºBraga
4ºBenfica
5ºGuimarães
6ºV.Setubal
7ºNacional
8ºMaritimo
9ºBelenenses
10ºRio Ave
11ºAcademica
12ºE.Amadora
13ºNaval
14ºLeixões
15ºPaços de Ferreira
16ºTrofense
27 de agosto de 2008 às 12:12  
Blogger Player Comentou...
1º Benfica
2º FC Porto
3º Sporting
4º Sporting de Braga
5º Vitória de Guimarães
6º Vitória de Setúbal
7º Marítimo
8º Nacional
9º Belenenses
10º Naval
11º Rio Ave
12º Estrela da Amadora
13º Académica
14º Paços de Ferreira
15º Trofense
16º Leixões

Penso que vai ficar assim...
28 de agosto de 2008 às 15:51