http://img710.imageshack.us/img710/7564/portalfutebolbyjoaolope.png
Conceitos do Futebol #2
publicado por FMBP a terça-feira, 21 de outubro de 2008

Após a apresentação da defesa á zona...hoje vou explicar o método de Jogo defensivo...Defesa Individual... conhecida por defesa Homem a Homem...certos jogadores são conhecidos pela sua capacidade de marcação individual...Certos treinadores usam este método para anular os jogadores mais importantes da equipa adversária! mas será isso eficaz?

A defesa individual assenta na aplicação de dois princípios fundamentais

– A “lei” do um contra um (1x1). Cada defesa marca um atacante procurando impedi-lo de receber a bola sejam quais forem as circunstâncias e evidenciando uma maior agressividade à medida que o adversário directo se aproxima da baliza.

– O princípio da responsabilidade individual ao mais alto nível. Neste método de defesa não pode haver falhas individuais. A falha de um só defesa pode ocasionar uma situação muito difícil de resolver.

• Aspectos favoráveis:

– Anulação de um jogador de grande capacidade técnicotáctica por um jogador de menores recursos.

– Funções tácticas facilmente compreendidas por parte dos jogadores uma vez que cada defesa pode concentrar a sua atenção e esforço num só adversário.

– Provoca um grande desgaste físico e psicológico nos jogadores adversários.

– Reduz a capacidade de iniciativa aos jogadores da equipa adversária.

– Consegue-se obter e manter sempre um certo equilíbrio numérico em qualquer situação de jogo.

• Aspectos desfavoráveis:

– A falha individual de um só defesa pode ocasionar uma situação muito difícil de resolver e comprometer toda a eficácia do método.

– Provoca um grande desgaste físico porque os defesas têm de reagir e acompanhar constantemente todas as movimentações dos adversários directos.

– Permite a criação fácil de espaços livres em zonas vitais do terreno de jogo.

– Dificulta o relançamento do processo ofensivo da própria equipa porque a colocação dos seus jogadores no terreno de jogo depende da colocação dos adversários directos.

– Diminui a iniciativa dos jogadores tanto em termos defensivos

como ofensivos.

– Torna menos coesa e mais permeável a organização defensiva devido à impossibilidade de cumprir um dos três princípios da defesa ----» a cobertura defensiva.

Unico video que encontrei (mas é isto):





(deve ser das coisas que mais gosta...ser marcado individualmente)

Espero que tenham gostado!!
um abraço
FMBP

Etiquetas:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Blogger El Kün Comentou...
ya.
Tá fixe.
21 de outubro de 2008 às 22:42  
Blogger Martins, A. Comentou...
È o tipo de defesa que eu menos gosto de jogar, seja a minha equipa a fazê-lo, seja a equipa contrária a fazê-lo a nós, porque sendo nós a ter que realizá-la é de facto muito mas mesmo muito desgastante, abre muitos espaços livres para penetrações e basta uma simples falha de um jogador para comprometer a equipa toda, enquanto que quando nos fazem a nós, ter uma "carraça" atrás de nós o jogo todo, a morder os calcanhares é de qualquer jogador perder a cabeça.

Acho que é um método de defesa que começa a estar ligeiramente ultrapassado, a ocupação racional dos espaços delimita maior liberdade na equipa, maior responsabilidade também, mas maior entre-ajuda entre colegas de zona, sectores e equipa.
22 de outubro de 2008 às 18:21