http://img710.imageshack.us/img710/7564/portalfutebolbyjoaolope.png
Dream Team #5 | Sporting Sec. XXI
publicado por David Pereira a sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Cá estou eu para fazer mais um Dream Team, este é sobre o Sporting no Séc. XXI, ora aí está:


Guarda-Redes:



Na baliza coloco Peter Schmeichel, ex-Campeão Europeu por selecções e clubes (pela Dinamarca e Manchester United) que quando estava de férias em Portugal no ano de 1999 assinou pelo Sporting.
Esteve dois anos no clube leonino e venceu um Campeonato Nacional e uma Supertaça.
Um grande guarda-redes que mesmo na fase terminal da carreira ainda deu um jeitinho aos leões.



Defesa-Direito:




Embora adaptado, colo Beto como Defesa-Direito nesta equipa.
No entanto desengane-se quem pense que Beto nunca foi defesa-direito pois no ano em que o Sporting venceu o campeonato pela última vez (2002) Beto actuou grande parte da época nessa posição e chegou mesmo a fazer alguns jogos pela selecção também nessa posição.
Foi um simbolo da cantera leonina durante anos até ter saído no inicio de 2006 para o Bordéus após alegados desentendimentos com o treinador Paulo Bento.


Defesas-Centrais:




Para além de um grande defesa-central com experiência em clubes italianos (Milan, Nápoles e Torino), André Cruz ainda conseguia ser um jogador importantissimo nas bolas paradas pois era um marcador de livres espectacular e ainda conseguiu (pelo menos um) golos de canto directo.
Foi internacional brasileiro e esteve no Mundial 1998 na selecção que acabou por ser vice-campeã do mundo.




Sobre as escolhas no que diz respeito ao outro defesa-central tive algumas dúvidas, sobretudo porque me lembro da importância que Phil Babb tinha na equipa que foi campeã em 2002 mas a minha escolha acabou por recair em Anderson Polga.
Polga foi o primeiro Campeão Mundial a actuar em Portugal e embora nas primeiras épocas de leão ao peito a equipa tivesse sofrido imensos golos, nas seguintes já não foi bem assim e em 2007 contribui para que o Sporting tivesse a defesa menos batida da Europa.


Defesa-Esquerdo:



Para o lado esquerdo não tive grandes dúvidas em atribuir o lugar a Rui Jorge.
Cheguei a pensar em Marco Caneira ou até Rodrigo Tello porque fizeram algumas boas épocas de leão ao peito mas quando me lembro dos cruzamentos que Acosta, Jardel e Liedson tanto concluiam em golo, entre outras coisas... não me ocorre outro nome senão Rui Jorge.
A juntar a isso, Rui Jorge esteve também ainda presente nos Europeus de 2000 e 2004 e no Mundial 2002.


Médio-Defensivo:



No meio-campo tem que haver o famoso losango, o sistema táctico que tem caracterizado o Sporting do novo século, especialmente desde a era de Fernando Santos para cá.
No meio-campo defensivo podia pôr Rochemback, Custódio, Paulo Bento, Rui Bento ou até Rogério mas acabei por me decidir por João Moutinho pois agarrou um lugar na equipa titular apenas com 18 anos e nunca mais o largou, tendo assumido a braçadeira de campeão com apenas 20 anos.
Actualmente está um pouco abaixo da sua forma mas não duvido que terá um grande futuro ainda pela sua frente.


Médio-Ofensivo:




Chegou ao Sporting em 2000 vindo do grande rival Benfica e logo na primeira época apntou muitos golos, na segunda foi Campeão Nacional sete anos depois e nas que se seguiram ficou em 3º lugar mas foi sempre um dos membros mais regulares da equipa, como é óbvio, só posso estar a falar de João Vieira Pinto.
Conhecido pelos adeptos do Sporting por "Grande Artista" e de "Pai" por Mário Jardel, julgo que é justissima esta atribuição.


Médio-Direito:




Agora fala-se que é o melhor do mundo mas a meu ver poucos se estão a esquecer do clube que o formou e fez dele um verdadeiro homem, falo de Cristiano Ronaldo.
Laszlo Böloni já era um admirador seu enquanto este era júnior e no seu segundo ano como treinador do clube lançou-o às feras onde até teve um desempenho muito bom apesar de nem sempre ser titular.


Médio-esquerdo:



Do lado esquerdo do meio-campo colocaria Ricardo Quaresma, extremo português que depois do Sporting representou também Barcelona e FC Porto e agora está no Inter de Milão.
Quaresma tem uma excelente qualidade técnica e foi a «coqueluche» da equipa que foi campeã em 2002.
Foi na segunda época que ase assumiu como titular indiscutivél mas infelizmente a equipa não correspondeu ao seu talento.


Avançados:




Seria tremendamente injusto Mário Jardel não estar entre os membros desta equipa.
Jardel não era o melhor jogador com os pés, com a cabeça, não era o mais ágil, o mais atlético, não era um "Ás" nas bolas paradas mas tinha uma média de golos incrivel numa altura em que cada vez havia menos golos.
O segredo? Um incrivel trabalho "invisivel", a sua leitura de jogo, o seu «timing», o seu posicionamento faziam-no estar no sitio certo à hora certa para concluir muitas jogadas em golo.




O outro avançado tem de ser Liedson e desde já peço desculpa a Beto Acosta.
Liedson conseguiu ser o melhor marcador da Liga Portuguesa duas vezes, é o melhor marcador de sempre dos leões nas competições europeias e só lhe faltou o titulo nacional.
Liedson tem caracteristicas diferentes das de Jardel, é muito mais rápido, é muito mais lutador, ágil e igualmente bom de cabeça mas como é mais pequeno não marca tantos golos.


Treinador:




Durante este século já foram treinadores do Sporting Fernando Mendes, Manuel Fernandes, Laszlo Boloni, Fernando Santos, José Peseiro e Paulo Bento e no meio destes todos penso que os que alcançaram maior sucesso foi Böloni e Paulo Bento, embora seja o primeiro o único que conseguiu ser Campeão Nacional por isso a minha escolha vai para o romeno.
O futebol do Sporting não era muito bonito mas era eficaz e fazia sobressair as qualidades dos avançados e dos médios-ofensivos, razão pela qual Jardel marcou 42 golos em 30 jogos e João Pinto, Hugo Viana, Pedro Barbosa e Quaresma tiveram prestações notáveis.
Na segunda época, houve muitas saídas e a equipa que tinha montado em torno de "Super Mário" foi desfeito devido aos problemas destes para com alguns vicios pouco saudáveis.

Etiquetas:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Blogger El Kün Comentou...
Quaresma do lado esquerdo? xD
2 de janeiro de 2009 às 23:28  
Blogger Gomes Comentou...
Agora que vejo a equipa do Sporting do Séc. XXI reparo que é uma equipa excelente...

Bom artigo Jerichooo... Jerichooo...
3 de janeiro de 2009 às 01:50  
Blogger Jericho Comentou...
Sim, El Kün, Quaresma do lado esquerdo... não é uma posição assim tão desconhecida para ele.
3 de janeiro de 2009 às 11:10  
IN: o Balacov,Figo.
OUT: Jardel,João Pinto
HAPPY NEW YEAR 2009
4 de janeiro de 2009 às 18:38  
Blogger Jericho Comentou...
Isto é do Sporting Sec. XXI...

E que eu saiba o Balakov e o Figo no SPorting são do séc. XX
4 de janeiro de 2009 às 21:03  
Blogger Peter Comentou...
O Beto? O Beto não era um mau central, mas era péssimo como lateral direito. Até o Abel é melhor.
E depois também não faz muito sentido dizeres que é um losango quando tens 2 extremos.
De resto, quase tudo escolhas óbvias.
8 de janeiro de 2009 às 04:03  
Blogger Vash Comentou...
Quanto ao Jardel, não sei, não. Continuo a ser defensor do "Matador", por isso acho que tirava o Jardel e punha o Acosta. Não marcava tantos golos, mas representava a "alma" que qualquer jogador do Sporting deveria ter.
8 de janeiro de 2009 às 17:42