http://img710.imageshack.us/img710/7564/portalfutebolbyjoaolope.png
A IMPORTÂNCIA DA OBSERVAÇÃO DE ADVERSÁRIOS
publicado por Joao Prates, a quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Cada vez mais no futebol os pormenores, mesmo por pequenos que nos possam parecer, podem ser decisivos para uma vitoria ou derrota.
A observação da equipa adversária é hoje uma exigência no futebol profissional embora a nível amador, em equipas com uma organização maior também se faça, na época passada fiz algumas observações ao serviço do Eléctrico que me permitiu ver a sua importância.
Toda essa observação é importante para prepararmos o melhor possível a nossa equipa de modo a anular os pontos fortes do adversário e a explorar os pontos mais débeis.Na observação do adversário o mais importante é analisar a organização colectiva do adversário, é importante saber também as qualidades individuais mas só faz sentido se for inserida no contexto colectivo.Não devemos dar importância a tudo o que o adversário faz mas sim ao que faz repetidamente dando como exemplo o caso do Luisão, central do Benfica que repetidamente opta pela bola longa, outro exemplo João Moutinho que recua sistematicamente para organizar o jogo do Sporting, estes são os exemplos que interessam a nossa observação, se o Luisão pegar na bola e sair driblando não é algo que nos interesse, ou melhor, a sua importância não será a mesma para a nossa organização, salvo se o fizer repetidas vezes, ou seja tudo o que é repetido vária vezes são rotinas próprias da equipa, ou seja situações treinadas, claro que existe sempre a imprevisibilidade e que depende da criatividade de cada jogador a qual não poderemos fazer muito.Os pontos que acho serem os mais importantes na observação de um adversário é a disposição dos jogadores em campo e a sua dinâmica, ( se são agressivos em bolas divididas, sem bola, se utilizam defesa em linha, se são tacticamente disciplinados, ver as reacções psíquicas ), ver o comportamento da equipa com posse de bola, analisando o que faz nas três fases de jogo, ver como faz a transição defensiva, (observar como a equipa se organiza quando perde a bola nas diferentes zonas do campo, se pressiona alto, se as linhas ficam afastadas, se defendem a zona ou de forma mista), observar o método de jogo ofensivo, ( de que forma as transições são feitas, se existe muita mobilidade, se circulam muito a bola, se procuram logo dar profundidade), outro aspecto importante é os aspectos tácticos, ( lances de bola parada, os cantos, livres directos, indirectos, lançamentos, se defendem a zona, quantos jogadores deixam na frente, quantos jogadores colocam na área nos livres ofensivos, quais os jogadores mais influentes nas transições), estes são os pontos que considero mais importantes na observação do adversário, claro que também existe a análise individual, mas sempre inserida no colectivo.

Etiquetas:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Blogger Gomes Comentou...
Bom artigo, João Prates.

É, como dizes, muito importante observarmos bem o oponente antes do embate. Mas não só no futebol, mesmo que seja no futebol, andebol, ténis, wrestling... é importante conhecermos bem os adversários.

É triste o Benfica só saber ontem que ia jogar hoje contra o Guimarães hoje, mas pronto.

Continua ;)
4 de fevereiro de 2009 às 17:25