http://img710.imageshack.us/img710/7564/portalfutebolbyjoaolope.png
Flash Interview#2 - Arbitragem
publicado por SP a quarta-feira, 4 de março de 2009

Olá caros cibernautas, sejam bem-vindos a mais uma Flash Interview. Sem mais demoras vamos passar ao meu artigo.

Esta semana vou falar-vos de um assunto que tem dado pano para mangas e enchido muitas páginas de jornais desportivos, e inclusive tem sido noticiado em todas as televisões. Estou a falar na questão da arbitragem. Na minha opinião, penso que é evidente que os árbitros têm cometido vários erros e muitos deles até prejudicam as equipas. Mas se isto é verdade, também é verdade que os árbitros andam a ser muito pressionados, tanto pela sua comissão de arbitragem, treinadores e jogadores, como também pela comunicação social. Toda a gente sabe e vê que quase todas as semanas, no fim de cada jornada, fazem-se sucessivas críticas aos árbitros. Algumas delas justas e bem fundamentadas, mas também outras que deixam algumas dúvidas. Penso que se queremos que os árbitros façam um bom trabalho sem prejudicar as equipas, então também temos que lhes dar alguma estabilidade e confiança. Isto já foi referido à uns tempos atrás pelo treinador Quique Flores e eu não pude concordar mais.


Uma coisa que também me provoca bastante desconforto, é o facto de a maior parte das críticas aos árbitros virem dos treinadores dos três grandes, que na minha opinião, são aqueles que menos se deviam queixar. Dois dos treinadores que mais críticas fazem, são o dos Sporting, Paulo Bento, e o do Porto, Jesualdo Ferreira. Na minha opinião, estes dois treinadores apesar de por vezes até terem razão nas críticas que fazem, muitas vezes exageram tanto na forma como na quantidade de críticas que fazem aos árbitros.
Penso também que os árbitros devem tomar consciência de todos os erros que cometem e perceber também que estão a prejudicar tanto a moral, como o futebol praticado pelas equipas. Tem-se falado também no facto de os jogos dos três grandes serem arbitrados por árbitros estrangeiros, e também na profissionalização da arbitragem. Eu, muito sinceramente, concordo com a parte da profissionalização da arbitragem, pois, acho que isso iria trazer muito mais estabilidade ao futebol e provavelmente, muitos problemas relacionados com a arbitragem iam acabar por desaparecer. Mas falando no facto de virem árbitros estrangeiros apitar jogos nacionais, eu não concordo, pois, como já disse anteriormente, os nossos árbitros precisam de estabilidade e confiança. Se deixarmos de ter confiança nos árbitros nacionais para apitarem os nossos melhores jogos, então eles nunca mais irão ter a estabilidade necessária para deixarem de errar de forma tão frequente. É necessário ter alguma confiança nos árbitros para que com isso eles consigam adquirir a estabilidade necessária.
Finalizo mais uma crónica dizendo que os árbitros devem passar a ter mais cuidado e atenção aos seus erros, mas que para isso, é necessária a contribuição de todos nós, amantes do bom futebol, concedendo-lhes alguma confiança e estabilidade.

Até para a semana

Fiquem com o FootFever!!!

Etiquetas:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Blogger Charismatic Enigma Comentou...
Este comentário foi removido pelo autor.
4 de março de 2009 às 19:28  
Blogger Charismatic Enigma Comentou...
Boa crónica, sem dúvida... A arbitragem para além de precisar de mais apoio institucional, precisa de mais apoio e confiança popular... Quanto a essa comparação entre Paulo Bento e Jesualdo Ferreiro é completamente rídicula e ignóbil... É impossível comparar a quantidade de críticas que o sr. Paulo Bento faz a qualquer outro treinador...

De resto, boa crónica.
Continua;)

Abraço
4 de março de 2009 às 19:28