http://img710.imageshack.us/img710/7564/portalfutebolbyjoaolope.png
Bancada Central#10 – Goleada, Humilhação… Campeões!
publicado por César Santos a domingo, 3 de maio de 2009


Goleada, Humilhação… Campeões! É com este título na sua primeira página que o Sport, um dos principais jornais desportivos da Catalunha, traduz o que se passou ontem no Santiago Bernabéu. De facto, ontem tivemos a hipótese de assistir, excepto os sportinguistas que viram o provável início da festa portista, a uma demonstração de querer, força, vontade, mas acima de tudo, de qualidade futebolística por parte da mais espectacular equipa do mundo. O Barcelona F.C. demonstrou no campo do Real Madrid o quão belo pode ser o futebol, mostrando aos seus rivais que este título já tem dono, que por sinal é um título merecido. Na minha opinião o Madrid limitou-se a jogar o que sabe, que lhe tinham garantido 17 vitórias nos 18 jogos anteriores do campeonato, que frente ao Barça foi muito pouco, pois a equipa de Pep Guardiola joga como ninguém. Juande Ramos, treinador madridista, não podia fazer muito mais, entrando a meio da época é difícil fazer muito melhor, quando se tem pela frente um papão como esta equipa culé. Aliás, para mim, Ramos, e consequentemente o Madrid, apenas cometeram um erro, querer jogar olhos nos olhos, cara a cara.
O peso da camisola blanca impõe isso mesmo, que se jogue olhos nos olhos com qualquer equipa do mundo, mas ontem era a equipa do Real Madrid que jogava e não a história do Real Madrid. Por isso é que os madrilenos não deviam ter jogado de peito feito, porque a diferença futebolística entre uma e outra equipa é abismal. O resultado final reflecte isso mesmo e só um super-herói como Iker Casillas evitou que os números se avolumassem, pois os culés tiveram oportunidades para isso. Pode-se até dizer que Iker só não foi o melhor da partida porque do outro lado, para além de uma grande equipa, estava Diego Armando Maradona… Perdão, Lionel Messi, pibe argentino que mostrou perante o maior rival que a sua genialidade não tem limites e que apenas a sua debilidade física e as constantes lesões lhe podem tirar o trono de primeiro grande mestre do século XXI.
No entanto, a maior virtude que se pode apontar a este Barcelona é a sua simplicidade de processos, que em qualquer cabine telefónica tem facilidades em fazer tabelas e desmarcações rápidas. É este o princípio do futebol passe-desmarcação, a essência do bom futebol está neste Barça, provavelmente a equipa que apresenta o melhor futebol no presente século.
Pep Guardiola é o homem que lidera este barco e é também devido a este “jovem” que o Barça assim joga. Mais que perceber o futebol, desde sempre foi um estudioso da modalidade, ele percebe o clube, sabe perfeitamente qual a identidade e quais os genes do clube. Para ele o Barcelona não tem segredos, pois dedicou-se ele toda a sua carreira e toda a sua vida. De facto, esta ideia de futebol que Guardiola apresenta não é mera coincidência, ele faz parte, como jogador, da mais fantástica equipa de sempre, o Barcelona de Cruift. Jogava a médio-defensivo e para além disso, fazia jogar toda uma equipa.
Aproveitemos o que este Barça tem para nos dar e que, pelo menos este ano, o bom futebol saia vencedor, tanto no campeonato como na champions.
Como dizia um adepto do Madrid após o jogo de ontem: “ O Barça jogou como sempre e goleou como nunca…”
Um abraço e até à próxima…
This is the real life…”

Etiquetas:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Nos tempos que correm ver 8 golos num jogo entre adversários directos e ainda por cima com o resultado a ser 6-2 em casa do derrotado é algo que não acontece todos os anos mas este ano acho que estamos a ver o regresso de golos um pouco como antigamente.

O Barça já leva 100 na Liga Espanhola!
3 de maio de 2009 às 11:13  
Blogger Priceless Comentou...
O Barça do Guardiola começou algo desorganizado, mas agora é uma máquina de fazer golos e pode se dizer que também tem um bom equlíbrio defensivo.
O Real Madrid tem de esperar para o ano.
3 de maio de 2009 às 15:14  
Blogger Eversoris Comentou...
Ah grande Barça, fico muito feliz, sempre fui do barcelona desde pequenino xD
Realmente o barça é uma maquina de jogar futebol, impressionante, 100 golos, podem fazer historia e bater o recorde do real madrid de 107 golos numa liga. Agora é ganhar a final da copa do rei, passar à final da champions e ganhala e considerarem o messi o melhor do mundo, era a cereja no topo do bolo, e bem merecia este barça de guardiola.
3 de maio de 2009 às 17:23