http://img710.imageshack.us/img710/7564/portalfutebolbyjoaolope.png
O meu 13º bloco de notas
publicado por David Pereira a terça-feira, 5 de maio de 2009




Faz hoje 4 anos que uma das noites mais memoráveis do futebol português teve lugar, foi dia 5 de Maio de 2005 que o Sporting se deslocou a Alkmaar (Holanda) para defrontar o AZ de Co Adriaanse para disputar a segunda mão da semi-final da Taça UEFA, competição que teria a sua final marcada para o Estádio José Alvalade 13 dias depois.

Em Alvalade, na primeira mão, o Sporting tinha vencido por 2-1 (golos de Douala e Pinilla para os leões), um resultado que pecou por escasso e que não deu muita tranquilidade à equipa de José Peseiro pois em Alkmaar defrontaria uma equipa em alta no campeonato holandês e que nunca tinha perdido em casa para as competições europeias.
Durante a semana antes do jogo o Sporting tinha vencido em Braga por 3-0 com hat-trick de Mauricio Pinilla e nessa mesma semana os leões tinham pedido à UEFA para o jogo da Taça UEFA não se realizar no Estádio do AZ devido às pequenas dimensões deste, no entanto o jogo realizou-se mesmo lá! E que jogo que foi!

O AZ adiantou-se logo aos 6 minutos por Kenneth Perez e virou a eliminatória a seu favor, o Sporting fez o 1-1 por Liedson ainda antes do intervalo e o AZ empatou a eliminatória aos 10 minutos do fim do jogo pelo belga Huysegems levando o jogo para prolongamento.
Na primeira parte do prolongamento não houve golos mas logo a abrir a segunda o AZ fez o 3-1 por intermédio de Jaliens e ficou assim tudo muito complicado para a equipa verde e branca que tinha de marcar um precioso golo nos 12 minutos que faltavam.
Numa das últimas jogadas do desafio (aos 120+2 minutos) houve um pontapé de canto a favor do Sporting no qual até o guarda-redes Ricardo subiu à àrea contrária, ora nesse mesmo canto há um cruzamento para o primeiro poste e Miguel Garcia de cabeça fez o golo que faltava, foi a festa total pelos jogadores do Sporting em Alkmaar e dos sportinguistas que assistiam ao jogo nas suas casas em Portugal. Esse golo ficou na memória de muita gente tanto por ser o golo que colocou o Sporting na final como também por ter sido o último golo gritado pelo grande locutor de rádio Jorge Perestrelo, que viria a falecer dias depois.



Miguel Garcia foi assim apelidado de "Herói de Alkmaar", e que herói improvável! Miguel Garcia era um jogador discreto, golos não era com ele e até tinha falhado o penalty que nessa época ditou o afastamento dos leões da Taça de Portugal no Estádio da Luz.

Foi pena a magia deste triunfo ter ficado apagada pela amarga derrota do Sporting na final da Taça UEFA frente ao CSKA de Moscovo.


Aqui ficam algumas fotos do jogo de Alkmaar:












E Miguel Garcia, por muito que veja uma grande carreira passar-lhe ao lado, mesmo que se perca no mundo do futebol, mesmo que nunca volte a um grande clube, mesmo que ande por divisões inferiores, mesmo que seja já esquecido por muitos adeptos do futebol português (admitam, já nem se lembravam dele se não fosse esta crónica!) será para sempre o...




PS:
Comentem!

Etiquetas:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]