http://img710.imageshack.us/img710/7564/portalfutebolbyjoaolope.png
OS SUPLENTES
publicado por Joao Prates, a quarta-feira, 27 de maio de 2009


Um plantel de futebol é constituído por três grupos de jogadores, os titulares, os suplentes e os não convocados, se dividirmos por estados de espírito ficamos com os mais felizes, os assim-assim e os tristes por não serem convocados.Considero que todos tem que ser alvo da nossa atenção mas aqueles que são suplentes ou não convocados merecem uma atenção especial.A nossa função é manter o plantel com elevado nível competitivo e emocional mas num plantel de 22 jogadores é extremamente difícil estarem todos ao mesmo nível.Falo em particular nos menos utilizados, pois aqueles que jogam, o seu estado anímico, físico, técnico-táctico, são sempre elevados! Ou pelo menos deveria ser!Ser menos utilizado afecta principalmente o estado psicológico que leva muitas vezes ao desânimo, auto-estima baixa, ansiedade elevada, para que isto não suceda é importante a intervenção do treinador, dialogar de forma sincera com estes, fazer ver que apesar de pouco utilizado é muito importante para a equipa, pois a sua vontade de ser titular leva a que a competitividade interna aumenta o que beneficia a equipa da qual ele faz parte e que o êxito da equipa será também o seu!Se o atleta apesar de pouco utilizado estiver motivado, o seu apuro físico, técnico-táctico apesar de menos utilizado o treinador poderá trabalhar de forma a que estejam ao mesmo nível dos titulares, seja com treinos específicos de alta intensidade, simulando acções de jogo real, igualar as cargas de trabalho, criar situações exigentes mas ao mesmo tempo divertidas e realizar partidas amigáveis.

Etiquetas:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

É um pouco dificil começar um jogo do banco ou mesmo não ser convocado mas há que ter humildade acima de tudo e quando entrar fazer tudo para ajudar a equipa e provar que merece um lugar no 11 nos próximos jogos.

Eu quando pratico algum desporto assim, é isso que faço!
27 de maio de 2009 às 20:49