http://img710.imageshack.us/img710/7564/portalfutebolbyjoaolope.png
A PRESSÃO PSICOLOGICA QUE UM ATLETA SOFRE
publicado por Joao Prates, a quarta-feira, 20 de maio de 2009

Todos nos temos presentes as imagens do descontrolo emocional de Pepe, ao serviço do real Madrid, muitos afirmaram que foi pura maldade, outros que se descontrolou no momento.
A maioria das vezes olhamos apenas para o lado bom de ser futebolista e esquecemos o lado menos positivo.A verdade é que um atleta, principalmente os de alto rendimento , é lhe exigido uma dedicação intensa para obter os melhores resultados possíveis, sejam eles individuais ou colectivos.A situação de um atleta dia a dia envolve sempre imensa pressão, desde a luta por um lugar na equipa para ser opção para o treinador, a luta contra si próprio para se superar, depois vem a imprensa que não podemos esquecer que tem um papel importante, são as noticias que nos podem tirar os pés da terra ou então tirar-nos a auto-estima com noticias ruinosas para a nossa carreira mas que mexem com o nosso interior e leva a mudanças de comportamentos.
Dai a importãncia que o treinador terá que ter nas relações com os atletas de modo a que conheça bem a sua personalidade, pois é o elemento mais próximo do atleta ao longo da época, e mesmo em que clube que tenham psicólogos para se poder planear programas de treino psicológico é necessário saber se existe um estado psicológico característico que permite ao atleta alcançar o seu máximo rendimento, mas para isso são necessárias investigações.Sei que tudo isto não desculpa as atitudes que muitas vezes se vêm em campo, mas se podermos entrar um pouco na pele desta caso do Pepe, poderemos compreender de uma forma diferente, entender é mais importante que criticar.
Tente visualizar, Real Madrid na luta pelo titulo, jogo empatado, de repente uma falta cometida por si que poderá deitar por terra todos os sonhos, os seus, os dos colegas, dos sócios, a sensação de injustiça no momento, a confusão de ideias, a revolta, a fúria principalmente que se debate no seu interior, tudo isto é muito difícil para a pessoa que o vive, para nós que assistimos é apenas um acto de violência mas é importante apurar o que está por detrás daquela atitude sabendo que é indesculpavel a sua atitude.

Etiquetas:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Pois, mas é assim, todos nós sentimos frustrações e eu não me ponho à porrada com quem eu vejo na rua!

O Pepe que desse uns pontapés no ar, que se arranha-se a si próprio, que pontapeasse o poste, que desse um murro na relva, o que fosse, isto é indesculpável!

Não reconheci o seu acto, não estava à espera pois sempre o achei um jogador com muito Fair-Play, de qualquer modo, é indesculpável!
20 de maio de 2009 às 22:01