http://img710.imageshack.us/img710/7564/portalfutebolbyjoaolope.png
Esquema tático do Brasil
publicado por Esquemas Táticos a terça-feira, 9 de junho de 2009

O Brasil venceu o Uruguai por 4 a 0 em Montevidéu jogando no 4-3-2-1, que também se transformava num 4-3-1-2 e num 4-2-2-2. O lateral-esquerdo praticamente não apóia o ataque e o lateral-direito sobe de vez em quando. No meio-campo, Elano desempenha a dupla função de volante e meia, assim como Robinho, que também tem dupla função, mas de meia e atacante.



A defesa brasileira tem dois laterais que pouco apóiam o ataque. Daniel Alves, que no Barcelona praticamente atua como ala-direito, é quem se aventura mais, a exemplo do titular Maicon. Kléber praticamente não apoiou o ataque.

A seleção brasileira se destaque por explorar o contra-ataque. O sistema defensivo é formado por laterais que sobem pouco ao ataque e três volantes. Além disso, Kaká e Robinho são meias, que podem se transformar em atacantes quando o time tem a posse de bola. Muitas vezes, os três volantes jogam em linha à frente da defesa. Felipe Melo é o volante pela esquerda e Elano, o volante pela direita.

Esse sistema pode se tranformar num 4-2-2-2 quando Elano apresenta-se como meia-direito, Robinho sobe como segundo atacante e Kaká tranforma-se em meia-ofensivo pelo meio ou pela esquerda.



No segundo tempo, com a expulsão de Luís Fabiano, Ramires entrou para fazer a função de Elano e Kaká foi deslocado para ser o atacante central, mas um pouco recuado. Robinho foi ser meia-esquerda e segundo atacante.



Leia também:

Esquema tático do Uruguai.

Esquema tático da Argentina.

Esquema tático da Colômbia.

Etiquetas: , , , , , ,

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

O Brasil não tem os nomes que tinha antigamente mas continua a ter uma grande equipa, 4-0 é muito!

Gostava de te pedir duas coisas, nem que seja nos comentários, uma era falares um pouco da exibição do Ramires, próximo jogador do Benfica.

A outra, era, se possivel, postares aqui o esquema táctico do Uruguai pois está lá Cristian Rodringuez, Fucile, Maxi Pereira e Alvaro Pereira que pertencem a clubes da 1ª Divisão Portuguesa.
9 de junho de 2009 às 20:45