http://img710.imageshack.us/img710/7564/portalfutebolbyjoaolope.png
Futebol no cinema: Star Crossed — Amor em Jogo
publicado por Filipe Machado a domingo, 14 de junho de 2009

Título original: Star Crossed
Realização: Mark Heller
Intérpretes: António Fonseca, Diogo Morgado, Isabel Medina, Kyle Redmond-Jones, Teresa Tavares, Virgílio Castelo
Duração: 102 min.
Sítio Oficial: http://www.starcrossed-themovie.com/index.html
Portugal, 2009

SINOPSE: Adaptação moderna de "Romeu e Julieta", é a história da rivalidade entre dois dos mais importantes clubes portugueses de futebol, e do mútuo desdém vivido por ambas as equipas, que há muito ultrapassou as quatro linhas. Quando o jovem jogador do Castelo Paul Collins se infiltra numa festa do Invicta, conhece Inês, a filha do presidente do clube rival. É amor à primeira vista. No entanto, a rivalidade entre as duas equipas implica que, se a relação amorosa for descoberta, as suas vidas podem estar em perigo. Inês sonha então com lugares distantes, com outros países e com uma outra vida que não a ditada pelas regras da família. E à medida que se apaixona por Paul, redescobre a felicidade, algo que há muito deixara de ambicionar. Porém, enquanto o jovem casal planeia uma fuga, diversos problemas vão conduzir à tragédia. E o ódio do qual Inês e Paul tentam afastar-se vai tentar roubar-lhes a única coisa que tem de precioso – o amor que sentem um pelo outro.

Nada melhor do que começar esta minha aventura com um filme português deste ano e que se encontra ainda em exibição nas salas do nosso país. Embora aborde o futebol como pano de fundo, temos de admitir que a premissa subjacente, nomeadamente a rivalidade entre dois dos maiores clubes portugueses, implicitamente identificados, é digna de algum interesse e até curiosidade.
No entanto, o verdadeiro enredo desta película, filmada na sua totalidade em Portugal, assenta em mais uma adaptação livre de "Romeu e Julieta" pelo realizador Inglês Mark Heller. Ainda assim, uma vez que estamos a falar de uma produção nacional, penso que o trabalho técnico e de produção está bastante competente, talvez até um pouco acima da média do que estilisticamente e visualmente estamos familiarizados. No que respeita à narrativa, a sensação é que contém muitos clichés do género, por vezes caindo na incorporação de um ambiente televisivo, atrevo-me a dizer de uma telenovela: diálogos inconsequentes, pouca inspiração dramática e os habituais momentos românticos a tocarem o ridículo. Seja como for, o trabalho ao nível das coreografias do futebol é mesmo do melhor que se tem visto ao nível nacional.
Para finalizar, e a título de curiosidade, é importante referir que esta é a primeira longa-metragem da produtora "Yellow Filmes" que tenta assim conquistar o mercado internacional.

Etiquetas: ,

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Tenho de ver este filme!

Já vi alguma publicidade.
15 de junho de 2009 às 00:17  
Blogger RM Comentou...
Sou igual a ti Jericho . . .

Também já vi alguma publicidade e até parece ser um bom filme .

Espero ver.

Continuação de bom trabalho :;)
15 de junho de 2009 às 21:55