http://img710.imageshack.us/img710/7564/portalfutebolbyjoaolope.png
Dragão Force V: Teorias da Conspiração...
publicado por SKJ a domingo, 26 de julho de 2009

Não, hoje não vou falar da ida, ou não, do homem à lua (isso irei fazer um dia no Diário do Contra quando tiver tempo), e também não faria qualquer sentido, pois isto é um blog de futebol, mas vou falar de outro tipo de teorias que costumam vir dos lados da Luz.
Nos últimos anos, devido aos insucessos desportivos, os benfiquistas, principalmente na voz do seu presidente (que lembro, está lá À oito anos e só ganhou um campeonato), atribuem esse seu insucesso a tudo menos a sua própria capacidade de formar uma equipa com valor, de dar estabilidade a essa equipa e não mandar o treinador embora assim que à uma escorregadela.
À cabeça das acusações vem o FC Porto, que na óptica dos benfiquistas é uma espécie de máfia (meia russa, meia italiana) que gere todo o futebol português como bem lhe apetece e que, mais uma vez na óptica benfiquista, tem a serventia de todos os outros clubes (nem o Sporting escapa) que nunca lhe fazem frente.
Às vezes dou por mim a rir destas coisas e penso que no seio do Benfica as coisas estão piores do que qualquer um de nós pode pensar. E ainda me ri mais quando não via um único Benfiquista que não disse-se que a arbitragem (imaginem bem) da final do torneio do Guadiana foi encomendada... sinceramente nem sei o que dizer. Parece que tal como os jogadores, esses adeptos estão em pré-época, ensaiando as criticas que vão fazer aos árbitros, bem como aquilo que vou usar para esconder os insucessos da equipa dentro do campo.
Alias como não se consegue ganhar dentro de campo, tentasse levar de vencida os adversários fora dele, trazendo polémicas, de todo desnecessárias, ao de cima. Primeiro foi os jogadores emprestado. Diz-se que o Porto tem muitos, é verdade e eu sou o primeiro a criticar, mas percebo que foram desses empréstimos que saíram grandes jogadores como o Bruno Alves, o Paulo Assunção e o próprio Ricardo Carvalho, que acabou por render 30 milhões de euros. Este ano o Paulo Machado, que pouco ou nada jogou, rendeu três milhões e qualquer coisa, devido ao que fez nos clubes a que esteve emprestado.
O Porto empresta, mas os outros também. O Benfica tem jogadores emprestado. O Sporting também, principalmente a equipas da Liga Vitalis, jogadores esses que depois vêm afazer parte do plantel principal. Se o Porto empresta mais, a verdade é que também colhe mais frutos desses empréstimos. Se empresta vinte e vende cinco desses jogadores, enquanto os outros emprestam cinco e não aproveitam nenhum desses jogadores, parece-me claro que é o Porto quem fica a ganhar. Não vejo nenhum mal neste processo, só acho que os jogadores emprestados não deveriam jogar contra os clubes de origem, para acabar de vez com as suspeições.
Mas toda esta polémica não fica por aqui. Vendo que por este caminho nada poderiam fazer, decidiram apostar num ataque aos treinadores. Primeiro foi o Domingos. Não devem ter gostado dos três a zero em Coimbra, na época 2007/08. E agora é o Jorge Costa que disse que dos grandes só treinaria o Porto. Bem se ele disse-se o contrário é que eu me surpreenderia. Não estou a ver o rui Costa a ser director desportivo do Sporting ou do Porto.
Como disse, tudo teorias da conspiração, que enquanto se fala nelas, não se fala de outras coisa. Tais como: onde é que o Benfica vai arranjar os milhões para reconstruiu o plantel ano após ano? Nem o Porto, uma das equipas que mais vende na Europa, gasta tanto dinheiro...
Eu parece-me que o Benfica ainda vive do seu passado, e espero que o Porto nunca caia nesse erro. Não importa o que se ganhou ou o que se fez à vinte ou trinta anos, mas o que se vai fazer daqui a cinco ou dez. E enquanto o Benfica não perceber isso, nunca vai deixar de estar na posição onde está...
Tentar ganhar fora de campo é dar um tiro nos pés. Quem não se lembra das preferências clubísticas do governo Salazarista? Para algumas coisas a memória é curta e só se lembra do que é conveniente.
Para mim, o Benfica pode continuar neste caminho, é sinal que o Porto continua a ganhar, ou pelo menos a lutar pelo título com o Sporting (sobre o qual falarei no futuro), mas parece-me que seria de bom tom termos os três grandes na máxima força e a lutar pelo título, só assim o nosso campeonato é forte de grande interesse. Mas parece-me que o Benfica prefere ganhar fora de campo e isso só deixará de acontecer quando, e citando o nosso seleccionador, for varrida a porcaria toda de dentro do clube.
Esta é a minha opinião, sei que muita gente a vai contrariar pois são muitos os Benfiquistas que visitam o blog, por isso, quero deixar claro que não quero lançar a polémica, nem a discórdia, só quis dar a minha opinião e gostava também de saber a vossa.

PS: Como devem ter reparado, nos últimos tempos tenho escrito sobre vários assuntos e não só feito as minhas análises aos jogos, por isso, decidi criar uma rubrica para postar estas minhas opiniões, dando-lhe o nome de Dragão Force. Não prometo escrever semanalmente, mas escreverei regularmente, abordando temas de relativo interesse ou não :). Espero que gostem da ideia...

Nota: Este é um post partilhado entre o Portal Futebol e o Diário do Contra.

Etiquetas:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Blogger SKJ Comentou...
Esqueci-me de refrir na crónica:

Lembram-se da polémica à volta do Rodriguez e do cartas que ele mostrou quando os jogadores festejavam o título?

Digam lá se fica bem a um presidente mostrar um cachecol que diz aquilo que podem ver na imagem?

Pesem as duas situações e digam lá quem realmente é reles, como cehgaram a chamar ao Rodriguez...
26 de julho de 2009 às 13:26  
Sublinho todo o teu texto.
26 de julho de 2009 às 14:26  
Anonymous Anónimo Comentou...
nem 1 stream para ver o benfica vcs tem
26 de julho de 2009 às 20:25  
Blogger Hugo HHH Comentou...
Completamente faccioso. Assim não vale a pena :)
27 de julho de 2009 às 22:52