http://img710.imageshack.us/img710/7564/portalfutebolbyjoaolope.png
Os árabes percebem de petróleo mas não de futebol
publicado por Nunotexas a segunda-feira, 20 de julho de 2009

Hoje apetece-me falar de um clube no qual tenho começado a prestar alguma atenção no último ano, o Manchester City.
Desde que o milionário árabe pegou no clube no inicio da última época (2008-2009) até agora gastou perto de 200M de euros e penso que a perspectiva é que o clube estagne ou então se desenvolva só um pouco, porque este homem de petróleo percebe mas de futebol não.
Vejamos mais ao pormenor,em 2008-2009 o Árabe compra o City e no inicio da época gasta 40M em Robinho,24M em Jô, 12M em Wright Philips e mais 15M em Kompany e Zabaleta, e no meio da época compra mais Given, De Jong, Bellamy e Benjani que custaram ao todo perto de 40M.Portanto se juntarmos as duas fases de contratações dá mais de 100M
O objectivo era obviamente acrescentar qualidade a uma equipa que tinha Elano, Petrov, Micah Richards como referências, mas o que é certo é que ficou num modesto 10º lugar (pior do que na época de 2007-2008)que nem para a UEFA deu.
Não se pode pedir que de um ano para o outro o City fosse campeão porque está a jogar no mais competitivo campeonato do mundo e é impossivel sem uma base sólida ser campeão em Inglaterra.Mas com todo o investimento tinha obrigação de lutar por um lugar na UEFA e até espreitar a Champions
Se nada disso aconteceu é porque alguma coisa foi mal feita, e na minha opinião foram as contratações.É verdade que o City tinha uma equipa normalíssima e precisava de se reforçar em todos os sectores mas eu penso que foram contratados jogadores a mais e para as mesmas posições.Só Kompany, Zabaleta e De Jong são jogadores de carácter defensivo, são todos bons jogadores mas nenhum deles é um fora de série.De carácter ofensivo foram comprados muitos jogadores (4 avançados) e o único que sobressaiu foi o Robinho (o mais caro), que curiosamente de todos estes jogadores contratados era o único que tinha qualidade para alinhar nos clubes de topo Europeu.Jô custou milhões que juntamente com o dinheiro gasto por exemplo em Zabaleta podiam servir para comprar um central de topo, pois Jô estando lá ou não estando era a mesma coisa já que o City comprou avançados a mais.
O que eu quero dizer com isto é que com todo o dinheiro investido só Robinho trouxe retorno, porque era o único jogador que se sabia que tinha uma qualidade bem acima da média, todas as outras contratações foram jogadores que tanto podiam render como podiam ser um flop.Por isso se tivessem sido contratados menos mas melhores jogadores talvez o City tivesse tido uma classificação muito melhor na liga.
Na nova época já foram gastos85M em três avançados,35M em Tevez (que eu acho que tem muita qualidade), 20M em Santa Cruz (que eu acho um desperdício) e 35M em Adebayor (que na minha opinião é um dos melhores avançados do mundo) posto isto acho que este ano o City vai alinhar num 2-3-5 ou algo parecido.

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Blogger Charismatic Enigma Comentou...
Pois o problema é mesmo esse, parece que o dono do clube está apenas interessado no ataque da equipa, quando para além de ser urgente melhorar a defesa, também o meio-campo precisa de uns retoques.

Na minha opinião, jogadores como Benjani, Bellamy, Bojinov ou Ball e o próprio Jô são perfeitamente dispensáveis. Mantendo assim tipos como Kompany (que é um excelente jogador),Dunne, Micah Richards e Zabaleta, que apesar de ter jogado maior parte das vezes a defesa direito, parece-me que produz mais a médio direito.

Depois para as contratações é necessário dar pulso ao manager da equipa, pois está visto que se forem os árabes a contratar a equipa ficará completamente desiquilibrada.

Bom texto e bom assunto.
Abraço
20 de julho de 2009 às 11:17  
Arrisco-me a dizer que por muito que tentem não haverá novo Chelsea...

O Chelsea cresceu como clube numa época em que conseguiu ficar em 4º e ir à pré-eliminatória da Liga dos Campeões, ou seja, para além do dinheiro os jogadores também disputariam a Champions e isso foi mais aliciante.
20 de julho de 2009 às 12:37  
Blogger Hugo HHH Comentou...
Antes demais bom texto!

Estes só pensam em avançados mas esqueçem-se da defesa... Segundo o que consta quereem o terry mas não tou a ver o terry sair do chelsea muito menos pro city.O bruno"caceteiro" Alves era capaz de ser bom pa eles.
20 de julho de 2009 às 21:46  
Anonymous Anónimo Comentou...
Como assim o campeonato inglês é o mais competitivo?

é o brasileiro, sem dúvida --'
21 de julho de 2009 às 03:09