http://img710.imageshack.us/img710/7564/portalfutebolbyjoaolope.png
Esquema tático da Internazionale de Milão
publicado por Esquemas Táticos a segunda-feira, 24 de agosto de 2009

A Internazionale de Milão empatou com o Bari em 1 a 1 no Giuseppe Meazza, em Milão, pela primeira rodada do Campeonato Italiano 2009/2010, jogando no 4-3-3, após ter iniciado o jogo no 4-4-2 com um losango no meio-campo e terminar a partida no 4-4-2 com dois atacantes nas funções de meias extremos, abertos pelos lados.

Análise tática. Do 4-4-2 para o 4-3-3

O time de José Mourinho iniciou a partida no 4-4-2, com o meio-campo disposto em forma de "diamante". Nessa formação, Vieira era o volante mais recuado pelo centro, Thiago Motta à frente e à esquerda, um pouco mais recuado que Muntari, pela direita, e com Stankovic no vértice de cima, como armador pelo centro.



Ainda no primeiro tempo, Mourinho colocou Balotelli no lugar de Muntari e modificou o esquema tático da Inter para o 4-3-3. Nesse sistema, Vieria continuou como volante pelo centro e Thiago Motta pela esquerda, mais adiantado, ao lado de Stankovic, agora pela direita.



Nos dois sistemas táticos utilizados, a defesa foi formada por Maicon (lateral-direito), Lúcio (zagueiro pela direita), Materazzi (zagueiro pela esquerda) e Zanetti (lateral-esquerdo). No segundo tempo, Materazzi foi substituído por Córdoba. Maicon tinha mais liberdade para atuar adiantado, mas não tanto quanto um ala. Zanetti, pela esquerda, ficou prioritariamente na marcação e poucas vezes cruzou a risca do meio-campo, funcionando quase como um terceiro zagueiro. A opção de prender mais um lateral deu liberdade para Maicon atacar pela direita e para os volantes aproximarem-se dos atacantes.

O meio-campo modificado pela entrada de Balotelli passou a ter, na prática, três volantes. Um volante mais marcador (Vieira) e outros dois com mais liberdade para chegar ao ataque, com prioridade para Stankovic (direita), mais técnico que Thiago Motta (esquerda).

Balotelli entrou como atacante pela direita, mas também ajudava a fechar o meio-campo por aquele lado, já que Stankovic entrava em diagonal pelo centro. Samuel Eto'o posicionou-se como atacante pela esquerda e Diego Milito ficou centralizado.

Leia também:

Esquema tático do Liverpool.

Esquema tático do Tottenham.

Esquema tático do Milan. Pré-temporada 2009/2010.

VÍDEO: análise do esquema tático do Barcelona.

VÍDEO: Esquema tático do Manchester United.

Análise tática da Internazionale de Milão Campeã Italiana 2009.

Análise tática do Wolfsburg Campeão Alemão 2009.

VÍDEO: Animação gráfica com as variações táticas da Holanda de 74.

ESQUEMAS CLÁSSICOS. VÍDEO: Análise tática da Seleção Brasileira da Copa de 1982.

* Mais análises táticas de seleções e de clubes europeus, brasileiros e sul-americanos, além de seleções e jogos históricos, podem ser encontradas no blog Esquemas Táticos.

Etiquetas: , , , , , , , , ,

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Anonymous Anónimo Comentou...
E o Cambiasso, cadê? E Zanetti a lateral esquerdo? Escazito! E o Santon?!
24 de agosto de 2009 às 20:42