http://img710.imageshack.us/img710/7564/portalfutebolbyjoaolope.png
Chelsea 2 x 0 Liverpool. Análise tática
publicado por Esquemas Táticos a domingo, 4 de outubro de 2009

O Chelsea venceu o Liverpool por 2 a 0 no Stamford Stadium, em Londres, pela oitava rodada do Campeonato Inglês 2009-2010. O Chelsea começou o jogo no 4-4-2, com um losango no meio-campo, e terminou no mesmo 4-4-2, mas com uma linha formada por (da esquerda para a direita) Lampard, Essien, Ballack e Malouda. O Liverpool começou a partida no 4-2-2-1-1 (e não no 4-2-3-1 usual, já que Gerrard jogou mais avançado, como segundo atacante, e os meias abertos Riera e Kuyt jogaram mais recuados em relação a ele) e terminou no 4-2-2-2, que variava para um 4-2-1-3.

Primeiro tempo

Chelsea e Liverpool fizeram um primeiro tempo disputado, sem muitos lances agudos de gol. O Chelsea veio 4-4-2, com o meio-campo em losango; o Liverpool atuou no 4-2-2-1-1, com dois volantes de marcação. O Liverpool dominou as ações no início da primeira etapa, mas o Chelsea equilibrou a partida no final. No geral, as defesas prevaleceram sobre os ataques.



No Chelsea, Ballack (meia-direito) apareceu mais para o jogo que Lampard (meia-esquerdo). Destaque para Essien, que conseguiu anular Gerrard e ainda saiu para o jogo. Curiosamente, o lateral-direito Ivanovic, normalmente mais defensivo, apareceu mais no ataque que Ashley Cole. Isso porque Insua se lançava mais para o apoio por aquele lado do lado do Liverpool. Deco esteve discreto e Drogba se mexeu bastante mas, assim como Torres, não levou perigo ao gol do Liverpool.



No Liverpool, Insua, lateral-esquerdo, foi muito acionado pela esquerda e apareceu bem. Kuyt e Riera, os meias abertos, participaram pouco da partida. Gerrard foi anulado por Essien e também criou muito pouco. O destaque do Liverpool foi Mascherano, que roubou muitas bolas no meio-campo. Lucas foi regular. Torres se movimentou bem no ataque, mas não ameaçou o gol do Chelsea.

Segundo tempo

O Chelsea começou melhor o segundo tempo, assim como havia terminado o primeiro. O Chelsea marcou o gol no início da segunda etapa e obrigou o Liverpool a adiantar seus jogadores. No final do jogo, marcou mais um gol e garantiu a vitória por 2 a 0.



Perdendo de 1 a 0, o Liverpool, com as alterações de Rafa Benítez, passou a atuar no 4-2-2-2, que variava para um 4-2-1-3. Gerrard foi recuado para jogar ao lado de Mascherano e, de lá, armar as jogadas do Liverpool. Babel entrou no lugar de Lucas para ser um meia-atacante pela esquerda e também atacante daquele lado. Benayoun (entrou no lugar de Riera, muito apagado) também entrou como meia-atacante, atuando nos dois lados do meio-campo. Kuyt foi deslocado para atuar como atacante ao lado de Fernando Torres.



O Chelsea também modificou seu sistema tático e passou a jogar no 4-4-2, com uma linha no meio-campo. Malouda entrou no lugar de Deco e passou a fazer o meia aberto pela direita revezando com Anelka no ataque e no meio-campo. Inteligentemente, Ancelotti colocou Drogba para jogar nas costas de Glen Johnson, que atacou muito no segundo tempo. A linha de quatro do meio-campo do Chelsea passou a ser formada por (da esquerda para a direita) Lampard, Essien, Ballack e Malouda.

Leia também:

Sevilla 2 x 1 Real Madrid. Análise tática.

Sporting 1 x 0 Hertha Berlin. Análise tática.

AEK Atenas 1 x 0 Benfica. Análise tática.

Bayern de Munique 0 x 0 Juventus. Análise tática.

Arsenal 2 x 0 Olympiacos. Análise tática.

Barcelona 2 x 0 Dínamo Kiev. Análise tática.

Esquema tático do Manchester City.

Esquema tático do Lyon.

Esquema tático do Borussia Dortmund.

Esquema tático do Bayern de Munique.

Borussia 1 x 5 Bayern. Análise tática.

Roma 1 x 3 Juventus. Análise tática.

Esquema tático do Chelsea.

Manchester United 2 x 1 Arsenal. Análise tática.

Milan 0 x 4 Internazionale de Milão. Análise tática.

Esquema tático do Milan. Jogo contra o Siena.

Esquema tático da Internazionale de Milão. Jogo contra o Bari.

Esquema tático do Barcelona.

Esquema tático do Shakhtar Donetsk.

Esquema tático do Real Madrid. Jogo contra o Rosenborg.

Esquema tático do Real Madrid com Kaká e Cristiano Ronaldo.

Esquema tático do Wigan.

Esquema tático do Liverpool.

Esquema tático do Tottenham.

Esquema tático do Atlético de Madrid.

ESQUEMAS CLÁSSICOS. Holanda 2 x 0 Uruguai. Análise tática.

ESQUEMAS CLÁSSICOS. VÍDEO: Análise tática da Seleção Brasileira da Copa de 1982.

* Mais análises táticas de seleções e de clubes europeus, brasileiros e sul-americanos, além de seleções e jogos históricos, podem ser encontradas no blog Esquemas Táticos.

Etiquetas: , , , , , , ,

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

O Chelsea este ano está mesmo muito bem
5 de outubro de 2009 às 10:53